SI2E - Empreendedorismo e Emprego

Pretende expandir a sua empresa mas não exporta? Tem uma micro produção ou ambiciona criar o seu próprio negócio?

No âmbito do programa Portugal 2020, o Sistema de Incentivos para o Empreededorismo e o Emprego pretende apoiar projetos com pequenos investimentos empresariais de base local, bem como a criação do próprio emprego.

As micro e pequenas empresas podem beneficiar de um apoio a fundo perdido, com uma taxa entre 30% a 50% do investimento e, no caso dos território de baixa densidade, esta taxa sobe para 60%.


Quem pode beneficiar deste apoio?

  • Micro e pequenas empresas, incluindo entidades que exerçam uma atividade artesanal ou outras atividades a título individual ou familiar, sociedades de pessoas ou associações que exerçam regularmente uma atividade económica.

Quais são as condições de elegibilidade para este projeto?

  • Conduzir à criação líquida de emprego
  • Ter um investimento máximo elegível de 235.000€
  • Ter uma duração máxima de execução do projeto de 18 meses

Qual o valor do investimento?

  • Investimentos até 100 mil Euros l Áreas de intervenção dos Grupos de Ação Local (GAL), responsáveis pela dinamização das Estratégias de Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC)
  • Investimentos entre 100 e 235 mil Euros (e até 100 mil Euros, nos territórios sem intervenção GAL) l Áreas de intervenção das Comunidades Intermunicipais e da Área Metropolitana, responsáveis pela dinamização dos Pactos para o Desenvolvimento e Coesão Territorial (PDCT)

Quais são os investimentos elegíveis?

a) Máquinas, equipamentos, respetiva instalação e transporte;

b) Equipamentos informáticos, incluindo o software necessário ao seu funcionamento;

c) Software standard ou desenvolvido especificamente para a atividade da empresa;

d) Conceção e registo associados à criação de novas marcas ou coleções;

e) Custos iniciais associados à domiciliação de aplicações, adesão inicial a plataformas eletrónicas, subscrição inicial de aplicações em regimes de «software as a service», criação e publicação inicial de novos conteúdos eletrónicos, bem como a inclusão ou catalogação em diretórios ou motores de busca;

f) Serviços de arquitetura e engenharia relacionados com a implementação do projeto;

g) Material circulante diretamente relacionado com o exercício da atividade em que seja imprescindível à execução do projeto (sujeito a limitações, a definir no aviso de abertura de candidaturas);

h) Estudos, diagnósticos, auditorias, planos de marketing e projetos de arquitetura e de engenharia essenciais ao projeto de investimento (sujeito a limitações, a definir no aviso de abertura de candidaturas);

i) Obras de remodelação ou adaptação, indispensáveis à concretização do investimento (sujeito a limitações, a definir no aviso de abertura de candidaturas);

j) Participação em feiras e exposição no estrangeiro (sujeito a limitações, a definir no aviso de abertura de candidaturas):

  • Arrendamento de espaço (eletricidade, comunicações, inserções em catálogo de feira, serviços de tradução/intérprete);
  • Construção do stand (aluguer de equipamentos e mobiliário, transporte e manuseamento de mostruários, suportes promocionais);
  • Funcionamento do stand (deslocação e alojamento dos representantes das empresas e outras despesas de representação).


PRETENDO SABER SE O MEU NEGÓCIO É ELEGÍVEL



Ficou com dúvidas sobre este incentivo, ou pretende agendar uma reunião?
Fazemos um enquadramento do seu projeto de forma gratuita e sem compromisso!