Como podem as empresas poupar no IRC















 
O SIFIDE, em vigor desde 2014, foi criado para incentivar o investimento em investigação e desenvolvimento por parte das empresas, em atividades relacionadas com a criação e melhoria de produtos, processos, programas ou equipamentos e permite recuperar até 82,5% do valor de investimento em I&D de um determinado ano, através da redução de IRC a pagar.  

 
Atividades de I&D
 
É considerada a atividade de I&D, a aquisição de novos conhecimentos científicos ou técnicos e/ou exploração desse conhecimento na descoberta ou melhoria substancial de matérias-primas, produtos, serviços ou processos de fabrico.

Quem pode candidatar-se?

Todos os sujeitos passivos de IRC que exerçam, a título principal, uma atividade de natureza agrícola, industrial, comercial e de serviços desde que :
  • O lucro tributável não seja determinado por métodos indiretos ;
  • Não sejam devedores à Autoridade Tributária e à Segurança Social.
 
Vídeo IAPMEI – Agência para a competitividade e Inovação
 
  
Garantir a aprovação

Para uma maior probabilidade de aprovação é necessário preparar os projetos de investimento de forma atempada e garantir que estão bem organizados, quer em termos de processos de negócio, quer em termos de estruturas de balanços.
Sabemos, no entanto, que nem sempre é fácil acomodar a gestão destes “projetos especiais” no dia-a-dia das empresas. Na maior parte das vezes, estes são processos desconhecidos e burocraticamente complexos para  as empresas.
 
De forma a agilizar o processo de candidatura e garantir que cumprem todos os requisitos exigidos para se candidatarem ao SIFIDE, as empresas podem recorrer aos serviços da PowerMetrics, que possui uma equipa trata de todo o processo, ficando apenas a cargo da empresa, ou do seu contabilista, o envio das informações indispensáveis ao processo,
saiba mais .
 
 

Contacte-nos

Data
  • (Normalmente) Até 31 de maio
Elegibilidade
  • É necessário que a situação fiscal e contributiva da empresa esteja regularizada, isto é, que não existam dívidas ao Estado ou à segurança social.